Bailarina ou Corsário – Como usá-las no dia a dia?
A calça faz parte do dia a dia da mulher moderna. Foi-se a época que a mulher poderia se dar ao luxo de andar só de vestido ou saia. Apesar de lindas, elas não são nada práticas, requerendo muita atenção para não revelar o que não se quer mostrar, além de exigir uma combinação apropriada de sapatos e do resto do look.
Voltando às calças, para você que não tem obrigação de usar tailleurs e terninhos no ambiente de trabalho, as calças bailarinas ou corsários podem te ajudar a dar uma boa variada no look além da já desgastada calça jeans.

Calça Corsário
Também conhecida como Capri ou pescador, é uma calça mais curta, termina logo abaixo dos joelhos. Agora é chamada de cropped (cortada) e voltou a ser tendência de moda.
Foi inspirada nas divas dos anos 60, como Brigitte Bardot e Audrey Hepburn.
Por ser uma calça mais curta, tende a achatar a silhueta, e para driblar essa impressão, invista em sapatos do mesmo tom da sua pele para alongar e evite os modelos de boca larga.
Ainda é possível dobrar com estilo e elegância uma calça sua normal até a altura tornozelo, transformando então a sua calça comum numa corsário.
Se você tem quadril largo, opte por um look monocromático, ou seja, calça e blusa do mesmo tom, para alongar a silhueta. Fuja das cores claras que aumentam o bumbum.
Se você tem mais de 1,70 de altura, prefira usar a sua calça corsário com uma sapatilha ou sandália rasteirinha.
Se você for utilizar essa calça num ambiente mais formal , como no trabalho, opte por sapatos no estilo slippers ou Oxford, que dão a elegância necessária ao look.

Calça Bailarina
As calças bailarinas eram usadas a principio para compor um visual fitness, mas, por conta da sua beleza e versatilidade, acabou sendo incorporada ao dia a dia das mulheres pela praticidade e tornou-se um coringa de qualquer guarda-roupa feminino por ser descolado e confortável ao mesmo tempo.
Se a calça bailarina for do estilo “skinny” pode ser combinada com uma bota no estilo “uggs” desde que sejam da mesma cor da blusa.
Também pode ser usada com uma bota de cano longo em dias mais frios.
Se a calça bailarina for do estilo “flared” pode ser combinada com uma sapatilha ou mocassim.
Se você for baixinha, use a calça bailarina flared com saltos altos, cobertos pela barra da calça, que vão te dar um reforço no efeito de “crescimento visual”.
Para um look mais casual, invista na combinação de calça bailarina preta com uma regata branca e um casaquinho de malha ou lã por cima. Ou ainda a calça bailarina com uma blusa mais larguinha com manga ¾, vestem muito bem.
Não importa se você vai optar pela calça corsário ou pela bailarina, qualquer uma delas é peça coringa e você estará bem vestida. O importante é fazer as combinações certas para o seu tipo de corpo e para o ambiente em que vai usar.

Victor Palandi